terça-feira, 1 de outubro de 2013

Sem perfil no facebook? Ainda existo?!

Olá pessoas!
Um tempão sem aparecer por aqui, mas acho que as coisas mudarão e essa será minha nova casinha!
Sim, estou sem perfil no facebook!
Depois de 6 anos utilizando aquele pedacinho de mundo perfeito, dramático, nostálgico e feliz, enfim excluí meu perfil, minhas páginas, tudinho...menos o Instagran ( juliaing_ribeiro) ! :) porque ai já é demais né!
Já tava ficando chato aquilo que era só pra ser um passatempo, muita gente achava que eu tinha mesmo a obrigação em responder as mensagens, que eu tinha a obrigação de ver determinada publicação, que eu tinha que aceitar todo mundo como amigo e que eu não tinha o direito de desfazer a "amizade" com ninguém, afinal meu perfil tinha deixado de ser particular a muito tempo!!!! De quem foi a culpa?, absolutamente minha! Além das trocentas mensagens me pedindo ajuda pra falar com a imprensa ( Oi? Eu não sou imprensa) e se fosse coisas que realmente precisasse, tudo bem, ajudava no que pudesse, mas a grande e sufocante maioria era só besteira, mas outras trocentas pedindo pra que eu falasse com a Ana Hickman que o fulano sabe dançar, cantar, imitar e está a procura de uma oportunidade ( eu não sou produtora, e de oportunidade até eu tô precisando, meu talento pra tv seria: a Mulher Estressada de algum seriado para psicopatas ), e pra evitar maiores confusões achei por bem terminar aquilo tudo...enfim, eu adorava e escrevia muita coisa da minha vida maluca e infelizmente tive que acabar com o perfil...Foi ai que decidi ressuscitar o Blog, afinal, o que seria dos seus dias sem que eu aparecesse pra contar que o Artur tá bebendo água do vaso sanitário, que o Pedro tá namorando na escola, que o Vando e Eu estamos a beira de um colapso e que a vida é linda e maravilhosa como nas novelas!!!
Ah, só que na minha vida é mais ou menos assim... Meus filhos estão me enlouquecendo e quando eu digo que preciso de férias, eu não tô brincando!!!!!!


Porque o blog e não o facebook? porque aqui só lê quem quer, eu só escrevo o que eu quiser, não sou obrigada a responder coisas que NÃO TEM HAVER COM AS POSTAGENS, e seremos todos felizes pra sempre!
Não tente aprender nada comigo, porque as vezes nem eu sei o que tô fazendo, de resto, se quiser tirar uma casquinha e aprender com meus erros, sinta-se em casa...


Beijo pra todos e todas, não enlouqueçam, mantenham a distancia das varinhas mágicas ( as que ficam no pé de goiaba ) pois elas não ensinam nada aos filhos, e tentem não matar seus maridos!

Inté dispois!

Um comentário:

Essas são histórias da vida da família Ribeiro, qualquer semelhança com a ficção é mera coincidência !